Wiki de Beleza: Base

Você já parou para pensar sobre a base que você usa no rosto? A gente tem certeza que você sabe que ela deixa a pele mais uniforme, mas achamos que vale a pena ir além. Por isso, escrevemos esse post que é um verdadeiro guia sobre bases. Vamos entender mais sobre as fórmulas de cada tipo de base, os tipos de acabamento, de cobertura e como aplicar da melhor forma. Vem com a gente!




Para que serve uma base?

Primeiramente, vamos às definições. As bases são cosméticos de efeito temporário usados no rosto, certo?! Sim, e não, pois podemos também usar no corpo.

Como o próprio nome indica, a base é uma das primeiras etapas de uma rotina de makeup - uma fundação para a criação de um look de maquiagem.

As bases no geral são usadas para deixar a pele com um tom uniformizado. Elas podem cobrir manchas, alterar o tom da pele e uniformizar a textura da cútis.

Do que é feito uma base facial?

Bases são maquiagens cujas fórmulas evoluíram muito desde que foram inventadas. Conversamos com o Marcos Spina, desenvolvedor da Join Me. Inovações Cosméticas, responsável pela formulação de diversos produtos que encontramos nas prateleiras brasileiras. Ele nos deu uma verdadeira aula sobre os tipos de base de maquiagem que encontramos comumente aqui no Brasil.


Bases em emulsão

O Marcos Spina nos explicou que dentro da categoria emulsão temos a Base Líquida (tipo conta gotas) e a Base Cremosa ( geralmente em bisnagas). Os dois tipos possuem composições parecidas com:


• água: "esta água tem que ser própria para a preparação de produtos cosméticos" ressalta Marcos. Ela passa por um processo onde é filtrada e deionizada. Neste processo ocorre a remoção de bactérias que podem causar doenças, por exemplo.


• Emolientes: são a fase oleosa da base. Marcos explica: "Podem ser ingredientes mais Oleosos, geralmente usados em bases para peles mais maduras. Ele deu de exemplo o óleo de semente de uva, de abacate e manteiga de karité.

Ou ingredientes menos oleosos que proporcionam espalhabilidade, sedosidade e toque seco. Dentre estes ingredientes temos os tão famosos Silicones que encontramos como dimeticones, ciclometicones, caprilil meticone entre outros.

E por fim, os Ésteres, que lemos na embalagem como triglicerídeo cáprico/caprílico, miritato de miristila, palmitato de octila entre outros.


• Emulsionantes: são ingredientes que “ligam” a fase aquosa com a fase oleosa. O Marcos explicou que os tipos mais comuns em bases são as emulsões água em óleo (A/O) e água em silicone (A/S). Eles proporcionam ao produto maior duração, resistência a água e umidade.

Existem vários tipos de emulsionantes e ele cita como principais o: Polyglyceryl-6 Polyhydroxystearate (and) Polyglyceryl-6 Polyricinoleate e Cyclopentasiloxane (and) PEG/PPG-18/18 Dimethicone.


• Pigmentos: Os mais comuns são o óxidos de ferro (preto, vermelho, amarelo) e o dióxido de titânio. "A diferente proporção entre eles é que forma as diferentes cores das bases de maquiagem", explica Marcos.


• Modificadores de sensorial: Materiais que proporcionam ao produto, toque seco, sensorial aveludado, efeito matte, maior deslizamento e espalhabilidade do produto sobre a pele. Por exemplo, amidos, sílicas, silicones em pó, e argilas.


• Conservantes: usados para a conservação da formula com relação ao contaminação microbiológica. Existem vários tipos, e o Marcos citou como mais comuns: fenoxietanol, DMDM hidantoina, álcool benzílico.


• Antioxidantes: atuam na conservação da fórmula com o objetivo de evitar a oxidação de algum ingrediente. Junto com os conservantes são os ingredientes que evitam que a base estrague em pouco tempo, ou que perca a eficácia.


• Fragrâncias: as fragrâncias são responsáveis em encobrir o cheiro de algumas matérias-primas para o resultado ser mais agradável quando passamos o produto. E servem também para trazer uma identidade olfativa ao produto, o famoso cheirinho da marca.


Bases Cerosas / Base Stick

São bases com estrutura mais sólida e cremosas. O Marcos esclareceu que além dos ingredientes que detalhamos nas bases em emulsão que podem aparecer, "há adição de ceras que ajudam a estruturar o produto e dar outro sensorial na aplicação".

As principais ceras, geralmente usadas nestes produtos são a cera de carnaúba, cera de candelila, cera de abelha, cera de girassol e outras ceras sintéticas, exemplificou Marcos.


Bases Mousse

São bases extremamente macias, com alta cobertura e efeito matte. Os principais ingredientes listados pelo Marcos são: elastômeros de silicone, silicones voláteis, sílica, nylon 12, amidos, além dos conservantes, antioxidantes, pigmentos e fragrância.



Principais ativos que podem aparecer

Além do fator de proteção solar que costumam aparecer em muitas bases, elas podem também conter ativos para tratamento ou proteção contra agentes externos e stress.

"O ativo mais usado no momento é o ácido hialurônico, no entanto ativos clássicos como Vitamina E, Vitamina C, Pantenol, Retinóides-like, Niacinamidas e peptídeos também são muito usados", ressalta Marcos.


Tipos de cobertura

O tipo de cobertura de uma base pode variar de leve ou transparente, média cobertura, alta cobertura e ainda podemos dizer que existem as bases com cobertura construível, que permitem a construção de camadas.


Tipos de texturas de acabamento

Uma base pode oferecer um acabamento natural, hidratado, opaco e HD.

As bases de acabamento natural tem um resultado semelhante a uma pele sem o produto, sem efeitos de textura adicionais.

Uma base com efeito de acabamento hidratado, chamadas de base hidratante, deixa a pele levemente radiante, mais iluminada.

As de acabamento opaco, ou matte, retiram todo o brilho e são de aparência mais sequinha.

E as bases com acabamento HD ou High Definition, foram criadas para uso profissional. Elas surgiram sob demanda, depois da mudança da captação de imagem de fotos e vídeos com altíssima definição.


Como escolher uma base

Para escolher o melhor tipo de base para atender suas necessidades, você deve seguir os seguintes passos:

1 • Primeiro é preciso levar em consideração a tonalidade da pele. A melhor forma de testar o tom da base é experimentar o produto espalhando na parte inferior da bochecha, próximo ao maxilar;

2 • Conheça o seu tipo de pele e saiba se ela é seca, mista ou oleosa. Isso pode influenciar no tipo de base que vai ser escolhida. Para te ajudar, consulte uma profissional dermatologista;

3 • Escolha o tipo de cobertura - se quer um efeito mais leve, médio ou de alta cobertura.

4 • Considere o tipo de acabamento, a textura que deseja. Natural, hidratado, opaco e HD.



Como aplicar bases no rosto

Independentemente do tipo de base escolhida, ela deve ser aplicada na pele limpa. É possível também preparar a pele com um hidratante, sérum ou primer antes da aplicação da base.

As bases podem ser aplicadas com pincéis próprios, esponjinhas ou dedos.


Veja neste vídeo, parte de um de nossos tutoriais de pele do app da Be beleza Tech, uma rotina de aplicação de uma base líquida:





O que é importante saber sobre as bases:



Tudo sobre bases de maquiagem e os principais tipos de fórmulações, texturas e acabamentos



Agradecimentos: Marcos Spina da Join Me Inovações Cosméticas.